Trabalho estável, qual a sua importância?

Um trabalho estável é meio caminho andado para ter uma vida e finanças organizadas.

Tempo para algumas verdades duras. Um trabalho estável é uma necessidade. Toda a gente deve perseguir o que achar significante na sua vida, não o que é expediente. Mesmo que vida não seja só trabalhar e pagar contas, é uma grande parte dela. Infelizmente, o que nos traz significado à vida, nem muitas vezes é rentável.

A realidade hoje em dia é que para seguir com o que queremos da vida, é preciso um um trabalho seguro. Se quiseres seguir os teus sonhos, precisas de um fundo de emergência para te sustentares durante alguns meses. Um orçamento e viver abaixo das tuas possibilidades também pode ajudar. Todavia não consegues organizar a tua vida sem, primeiro, um trabalho estável.

Trabalho escalável é trabalho estável

Os cursos focados em STEM (Science Technology Engineering and Mathematics) são habitualmente as melhores escolhas para um futuro garantido. Do mesmo modo, costumam ser os que produzem mais milionários. Se quiseres lucrar exponencialmente na tua carreira, tens que resolver problemas (que são escaláveis) e não pessoas.

Um psicólogo está limitado à quantidade de pacientes que pode atender num dia. Entretanto um Engenheiro Informático pode resolver bugs ou automatizar processos com umas quantas linhas de código. Este é o ponto diferenciador entre salários nos respetivos trabalhos. Quanto mais complexo (e escalável) o problema que estejas a resolver, maior a recompensa.

A longo prazo

De forma a garantir um futuro melhor, é fundamental um trabalho que se goste e tenha potencialidade para crescer. Domina o teu trabalho e faz de ti alguém insubstituível a qualquer sítio que vás. Ano após ano irás experienciar um crescimento tremendo. Em princípio, quanto mais tempo estás numa área, mais valioso e competente serás. Ainda assim existem fortes argumentos de como pessoas que procuram várias áreas e trabalhos, denominados de Jack of All Trades superam o Master of One. Em seguida disponibilizo um livro no assunto chamado Range: How Generalists Triumph in a Specialized World.

Importância do tempo pessoal

Trabalho, trabalho, trabalho. Contudo há uma conveniência que muitas pessoas esquecem. Tempo para si mesmas. A não ser que estejas a trabalhar para o teu sonho, não desperdices 80 horas por semana para o sonho de outra pessoa. Se o teu contrato diz 40 horas semanais, sê rigoroso à tua agenda e aproveita a tua vida. Se esperam 110% de ti no trabalho, faz a seguinte pergunta: “Como é que esperas um empenho de 110%, senão estou a ser pago um salário de 110%?”. Não te mates por uma carreira que podes ser substituído de um dia para o outro. 

Se não encontrarmos maneiras de ganhar dinheiro passivamente (para além do ativamente com um salário), nunca seremos livres do 9 to 6. Exatamente por essa razão é que eu invisto fortemente em ações, sendo o meu foco ganhar um salário extra com dividendos.

tempo pessoal

Uma agenda é uma maneira de combater o caos e trazer ordem. O trabalho é uma ótima maneira de trazer uma rotina e responsabilidade à nossa vida. Por outro lado, eu também dou o incentivo em que senão tiveres confortável com o teu trabalho, toma um risco e candidate a outro. Similarmente, arranja um fundo de emergência para aguentar 3 meses sem um trabalho e limpa a mente. A tua sanidade mental é mais importante que um salário.

"No amount of money ever bought a second of time."

Em suma, um trabalho estável é o início a uma vida sem um trabalho. Qual é que é a tua opinião sobre o assunto?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *