O que é P2P Lending?

P2P Lending é um tipo de empréstimo social, orientado a conectar pessoas a pessoas que queiram pedir dinheiro emprestado.

O que é P2P Lending ? Também conhecido como Empréstimo P2P ou Peer to Peer Lending, é um tipo de empréstimo social. Em outras palavras, é um tipo de financiamento que conecta pessoas ou entidades dispostas a emprestar dinheiro a pessoas ou empresas que queiram pedir dinheiro emprestado. É uma alternativa disponível às pessoas que não querem/podem pedir dinheiro emprestado a um banco.

Existe o conceito de P2P Lending desde 2005. Assim sendo, já existem várias plataformas P2P. Alguns exemplos são Mintos e a PeerBerry. Estas conectam tomadores de empréstimos a investidores. Contudo, as únicas diferenças são os critérios de elegibilidade, taxas de juros, quantias e os públicos alvos. As taxas de juros, normalmente, vão dos 8% a 13%.

Se tiveres interessado em investimentos alternativos (em vez de ações no mercado financeiro), também já investi em criptomoedas.

Como é que funciona o P2P Lending?

Uma pessoa submete uma aplicação online, envolvendo questões sobre crédito. A plataforma pode, ou não, atribuir uma categoria de risco. Por sua vez, esta categoria pode afetar as taxas de juros e termos oferecidos.

Os investidores avaliam o pedido de empréstimo e conforme os detalhes e risco, podem ou não emprestar dinheiro.

Que tipos de empréstimos P2P existem?

Empréstimos P2P podem ter várias utilidades. Em seguida, apresento alguns exemplos:

  • Pessoais;
  • Imobiliário;
  • Reparo de carro;
  • Pagar estudos;
  • Negócios;

Porquê investir em P2P Lending?

Este tipo de investimento, embora arriscado, pode potencialmente ajudar os investidores a diversificar os seus portfólios e ganhar dinheiro extra.

Um lado positivo de P2P Lending é que se funcionar bem, é possível uma taxa consistente de juros de 9 a 12%. Esta é superior aos retornos no mercado financeiro, certificados de aforro ou contas poupanças.

Tornares-te num investidor P2P começa com abrir uma conta numa plataforma P2P. Após o processo de aprovação, é só necessário depositar o dinheiro que estás disposto a emprestar a outras pessoas qualificadas.

Algo bom certas plataformas é a implementação de um algoritmo de Auto Investing. Conforme os teus parâmetros (taxas de juros, capital máximo pedido, países, etc.) aloca o teu dinheiro às melhores pessoas.

Na plataforma também é visível o dinheiro ganho de juros. Analogamente, este terá que ser declarado no IRS. Este dinheiro depois pode ser reinvestido ou retirado.

investir em p2p lending

Riscos em P2P Lending

Em qualquer tipo de investimento, há risco envolvido. Em certas plataformas, não existe qualquer tipo de garantia que as pessoas devolvam o dinheiro prometido. Também existe o problema que as plataformas P2P estão altamente dependentes dos seus grupos de investimentos. Finalmente, as plataformas em si podem fechar.

Conclusões finais

Dependendo do risco que estejas disposto a tomar, P2P Lending pode ser uma boa alternativa para diversificar o teu portfólio. Todavia, existe o problema que podem existir pessoas que pediram um empréstimo por uma plataforma P2P por não conseguirem por métodos legítimos (pedir ao banco). Independentemente, as pessoas que pedem o dinheiro têm que passar por um setup inicial rigoroso para qualificar o seu risco.

Em suma, todos os investimentos têm riscos. P2P Lending parece ter um risco mais elevado. Acima de tudo, se o algoritmo de Auto Invest for sofisticado e as pessoas que pedem dinheiro emprestado de confiança, o risco fica mais baixo. Em breve, irei falar sobre a plataforma PeerBerry.

Após ler este artigo, estás interessado em investir em P2P Lending?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *